Mamoplastia redutora

A hipertrofia mamária (mamas grandes) é uma queixa frequente entre as mulheres e geralmente está relacionada a fatores hereditários, hipertrofia virginal ou à obesidade. Essa condição pode levar a alterações posturais, dores nas costas, assaduras nos sulcos mamários e até mesmo uma marca nos ombros causada pela alça do sutiã. Além dos fatores físicos, existe um componente psicológico importante, que compreende sensação de inferioridade, dificuldade de adaptação profissional e social.

A mamoplastia ou mamoplastia redutora é a cirurgia de redução do volume e correção da queda (ptose) das mamas.

Sou candidata ao procedimento?

A mamoplastia é indicada para pacientes com excesso de volume mamário, que já completaram o desenvolvimento das mamas.

O procedimento

A mamoplastia é realizada em ambiente hospitalar com acompanhamento de um anestesista, sob anestesia geral. O tipo de incisão varia de acordo com o caso, podendo resultar em uma cicatriz em “T” invertido, em “raquete” ou apenas ao redor da aréola.

O procedimento dura cerca de 3 horas e a paciente passa uma noite no hospital.

Cuidados após o procedimento

A paciente deverá utilizar sutiã cirúrgico durante cerca de 60 dias. Dormir de barriga para cima por cerca de 2 meses e evitar atividades físicas.

Atividades diárias de cuidado pessoal podem ser realizadas pela paciente desde o primeiro dia.

As consultas de revisão devem ser realizadas conforme orientação médica.

Quanto tempo vai durar meu resultado?

Não é possível prever a durabilidade dos resultados da mamoplastia, uma vez que dependem de diversos fatores individuais, variando de paciente para paciente, como fatores genéticos, hábitos de vida e cuidados com a pele.

É importante a associação de procedimentos dermatológicos e cuidados com a pele para a manutenção dos resultados.

Antes de se submeter a qualquer cirurgia é importante checar com seu médico se você cumpre os requisitos mínimos. Discuta sempre as informações do pós-operatório. Exponha suas expectativas em relação ao resultado. Desconfie de resultados milagrosos. Cirurgia plástica é uma ciência.

Lembre-se de procurar sempre um cirurgião plástico qualificado, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Compartilhe

Saiba mais sobre