Toxina Botulínica

A toxina botulínica é o procedimento estético não cirúrgico mais realizado por cirurgiões plásticos em todo o mundo. É considerada hoje umas das mais importantes substâncias no campo do rejuvenescimento facial.

A toxina botulínica pode ser utilizada para fins puramente estéticos como o tratamento e prevenção de rugas hipercinéticas da face. Estas rugas são aquelas que aparecem quando contraímos os músculos da expressão facial. No campo da reparação, a toxina botulínica pode ser utilizada para o tratamento de diversas condições, como a hiperidrose e a sudorese excessiva em algumas regiões do corpo. Outro uso da toxina é no tratamento de alguns tipos de enxaqueca, ajudando no controle e diminuindo o consumo de analgésicos. Existem outras condições em que o uso da toxina botulínica é indicado, como o blefaroespasmo, contraturas musculares, bruxismo, dentre outras condições.

Sou candidato(a) ao procedimento?

Não há uma idade para se realizar a aplicação de toxina botulínica, pois isto vai depender de fatores genéticos e alterações decorrentes do estilo de vida, porém não recomendamos a crianças e adolescentes. Fatores como tabagismo e exposição solar podem ser prejudiciais.

Dependendo da gravidade das rugas, talvez o mais indicado possa ser uma cirurgia.

Para finalidades não estéticas específicas, você deve procurar um profissional habilitado e discutir as opções de tratamento.

O procedimento

As aplicações de toxina botulínica são realizadas ambulatoriamente, no consultório, sob efeito de anestésico tópico. O procedimento demora cerca de 10-15 minutos e os efeitos são percebidos a partir de 4-5 dias.

Cuidados após o procedimento

É importante não realizar atividades físicas, o abaixar a cabeça durante as 4 horas seguintes, evitar fontes de calor, saunas ou vôo.

Caso fique alguma equimose, a paciente deve evitar exposição solar até o seu desaparecimento.

Quanto tempo vai durar meu resultado?

Não é possível prever a durabilidade dos resultados da aplicação de toxina botulínica, uma vez que dependem de diversos fatores individuais, variando de paciente para paciente, como fatores genéticos, hábitos de vida e cuidados com a pele. Todavia, a duração “de bula” é de 4 a 6 meses, variando de paciente para paciente. Ao longo deste período a musculatura recupera seus movimentos gradualmente.

É importante a associação de procedimentos dermatológicos e cuidados com a pele para a manutenção dos resultados.

Antes de se submeter a qualquer procedimento é importante checar com seu médico se você cumpre os requisitos mínimos. Discuta sempre com o seu médico e exponha as suas expectativas em relação ao procedimento. Desconfie de resultados milagrosos. Cirurgia plástica é uma ciência.

Lembre-se de procurar sempre um cirurgião plástico qualificado, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Compartilhe

Saiba mais sobre