Ei, pessoal.

Vocês com certeza já ouviram falar da rinoplastia, certo? A cirurgia que visa corrigir desproporções e melhora a aparência do nariz é uma das cirurgias mais comuns e uma das mais requisitadas em todo o mundo. O Dr. Fabrício Regiani traz algumas questões importantes sobre o assunto e auxilia você a conferir se essa cirurgia é adequada a sua necessidade.

O que pode ser modificado com a rinoplastia?

Muitos sentem a necessidade de alterar o tamanho e a aparência do nariz por ser um dos principais motivos de constrangimento e queixas da beleza do rosto. O elemento central da face é responsável por equilibrar a beleza facial, dando harmonia ao semblante. Por esse motivo, a rinoplastia pode modificar:

  • O tamanho do nariz em relação à estrutura facial como um todo;
  • Tanto a largura como a protuberância do dorso nasal (chamado de giba dorsal);
  • O perfil do nariz;
  • A ponta do nariz, que pode ser caída, muito arrebitada ou demasiadamente grande;
  • O tamanho das narinas, que podem ser grandes, largas ou arrebitadas;
  • A assimetria nasal e desvio de septo.

Perfis nasais

Muitas dessas insatisfações são reconhecidas em perfis de nariz destacados como candidatos à rinoplastia, pois possuem características comumente associadas como queixas recorrentes dos pacientes. Esses perfis são:

  • Nariz negroide: apresenta geralmente a pele mais grossa e oleosa, sem apresentar muitas estruturas ósseas, com dorso baixo e ponta nasal mais arredondada.
  • Nariz oriental: também apresenta dorso baixo e ponta larga, geralmente, com grande desarmonia entre essas duas áreas.
  • Nariz caucasiano: apresenta estrutura óssea e cartilagem que tendem a formar ondulações e dorso alto projetado. Já a sua ponta, geralmente, é voltada para baixo.

Critérios para o nariz desejado

Os critérios para a mudança nasal são a proporção e a simetria facial, respeitando o desejo do paciente e considerando a visão estética do cirurgião especialista no assunto.

Tipos de rinoplastia

Existem duas técnicas usadas para a rinoplastia: a exorrinoplastia, comumente chamada de rinoplastia aberta (onde é realizada uma pequena incisão na base nasal, entre as narinas e na parte interna de cada uma) ou a técnica endonasal, chamada de rinoplastia fechada (onde há incisões apenas dentro das narinas). Na Clínica Fabrício Regiani, adotamos a técnica de rinoplastia aberta estruturada, que proporciona uma maior previsibilidade e durabilidade dos resultados.

Recuperação

O paciente submetido à rinoplastia necessita de algumas semanas de recuperação para que edemas e inchaços desapareçam por completo, mas na primeira semana já é possível retirar os pontos e as bandagens. Logo após essa retirada, o resultado da cirurgia já é visível, dependendo ainda da cicatrização individual, e o retorno ao trabalho já é permitido na maioria dos casos.

Os benefícios de se passar por uma cirurgia plástica são inúmeros, pois as insatisfações estéticas que um indivíduo sofre durante os anos podem acabar e, quando o assunto é uma rinoplastia, as vantagens são muito mais evidentes, pois o nariz é o elemento central da face.

Se você tiver qualquer dúvida, entre em contato com a Clínica Fabrício Regiani. Teremos o maior prazer em lhe atender! Sua beleza é preciosa! Conte conosco para lapidá-la!

Compartilhe

Saiba mais sobre